Dissemos "eu te amo" e ela se foi


* Por Zilma Goncalves Macedo





Mônica sempre me falava do blog. Das matérias, das trocas de zap entre vocês. A gente conversava todos os dias praticamente. Ficamos amigas quando fui cobrir suas férias na Comunicação da Golden Cross.


Quanto tempo! Sábado, dia 11 de abril, ficamos por horas no celular.


Claro que rolou gargalhadas. Mesmo quando a conversa era séria, conseguíamos. Ela sempre via algo "leve" que quebrava a "tragédia " da situação.


Mônica. Minha, nossa Mônica.


Quanto amor!


Estranhei a demora de seu contato no domingo. Passei uma mensagem de Páscoa e, por volta das 16:00 horas, recebi seu telefonema. Sabia que ela ligaria. E eu já iria telefonar também.


"Amiga, não estou me sentindo bem." 

"Vá agora para emergência", disse diante do que falou que sentia.

Ela preferiu esperar um pouco  e deitar.


"Não! Vá pra emergência agora!  Eu vou atrás". 

E fui.


Nós nos vemos, sorrimos e ela me atualizou a situação até aquele momento. Tentei disfarçar a minha tensão. E vendo a sua, também tive que encontrar algo para suavizar a circunstância. Com a Mônica isso era fácil.  De noite, quando saiu o resultado do exame, a equipe me deixou vê-la de novo. Estava subindo para o CTI.


Mais uma vez nós conversamos e ainda rimos. Jogamos beijos uma pra outra. Dissemos "eu te amo" e ela se foi.  Amor para toda vida. Eu te amo, amiga.


Até breve! Sua gargalhada está para sempre dentro dos nossos corações. 


***


VOLTE SEMPRE!

Todos os dias publicamos posts interessantes e originais.

***


* Zilma Goncalves Macedo trabalhou com Mônica Manfredini na Golden Cross e esteve com ela até seus últimos momentos. #BlogQuarentenas #blog #Quarentenas #quarentena #coronavirus #pandemia #COVID19 #FicaEmCasa #FiqueEmCasa #FiquemEmCasa #IsolamentoPessoal #EuTeAmo #Adeus #MonicaManfredini #RIP