Xô, Xenofobia!

* Por Karina Gols


Tenho uma conhecida que me passa tudo o que recebe pelo Zap. Tudinho. Se recebesse um vídeo de terraplanistas, repassaria sem confirmar a veracidade do conteúdo. Se uma mensagem dissesse que o macaco Tião seria novamente candidato a algum cargo, idem. Eu estaria recebendo todas essas mensagens e mais umas outras quinhentas desejando "feliz natal", "boa páscoa" ou explicando os "cuidados com a pele ao ir à praia“, apesar de não estarmos comemorando essas festas e as praias cariocas estarem interditadas.

Hoje eu recebi uma nova mensagem pelo WhatsApp. Mas essa era diferente.


Honestamente, eu já havia começado a escutar aqui e ali, ler artigos e assistir vídeos sobre a origem do Coronavírus ligada à uma nova teoria da conspiração; a de que os chineses desenvolveram esse vírus em laboratório para dominar o mundo e a economia global. Mas pensei que eram uns poucos ignorantes e pronto. Similar ao movimento contra a vacinação infantil.


Mas o problema da xenofobia vem se alastrando de forma preocupante, como um novo e violento vírus.


Aqui nos Estados Unidos, vários incidentes contra pessoas provindas da Ásia, além de chineses, vêm ocorrendo. A Universidade Estadual de San Francisco reportou um recente aumento de 50% no número de notícias relacionadas à discriminação anti-asiática e o Coronavírus. Isso inclui japoneses, coreanos, vietnamitas, e outras nacionalidades oriundas do mesmo continente.


Teorias de conspiração unidos à xenofobia não são novas. Vide os pogroms e o Holocausto que o povo judeu sofreu. E os ciganos que igualmente foram enclausurados em campos de concentração e extermínio durante a segunda guerra mundial?

Agora, para completar, basta ter a aparência oriental para levar cusparada no rosto, como a senhorita Zhu, de 26 anos, entre outros eventos brutais contra pessoas de ascendência oriental, conforme publicado no artigo “Spit On, Yelled At, Attacked: Chinese-Americans Fear for Their Safety”, publicado 30 de janeiro no The New York Times e atualizado dia no dia 13 de fevereiro.

E aí, meus conterrâneos brasileiros? Vamos fazer parte da população desinformada, raivosa e racista ou vamos esclarecer aqueles que ainda cismam em bater na mesma tecla? Que insistem em ser xenófobos?

Segue abaixo uma lista com links (em inglês), e, espero, de coração, que elas ajudem a explicar essas enormes pechas chamadas xenofobia e racismo:

https://www.nytimes.com/2020/03/23/us/chinese-coronavirus-racist-attacks.html

http://www.asianpacificpolicyandplanningcouncil.org/stop-aapi-hate/?fbclid=IwAR3JVKlK6InoJIVAS2brulW7EGgoVTSPsbiwZxQ16TyRgD4F5VYXI8gTqD0

https://nextshark.com/new-york-train-station-asian-woman-attacked/

https://www.cbsnews.com/news/coronavirus-bullies-attack-asian-teen-los-angeles-accusing-him-of-having-coronavirus/

https://twitter.com/JiayangFan/status/1240111033550766080

https://nextshark.com/kansas-county-coronavirus-chinese-people/

https://www.newsweek.com/new-york-subway-attack-coronavirus-woman-mask-1485842

https://nypost.com/2020/03/14/victim-of-possible-coronavirus-hate-crime-in-queens-speaks-out/


https://drive.google.com/file/d/1mzNEU2ebTF_5OZUon-ovrt36x22nXcuE/view

***

VOLTE SEMPRE!

Todos os dias publicamos posts interessantes e originais.

***


* Karina Gols é profissional de Comunicação Internacional com mais de 25 anos de experiência e é poliglota. Foi articulista da Tribuna da Imprensa, trabalhou em gigantes como a Rede Globo, Edelman, Petrobras, Google (YouTube) e CNA - Confederação Nacional de Agricultura (assessoria de imprensa internacional pela The Information Company, nos EUA). Reside na Califórnia, Estados Unidos. e redige posts para o blog da organização sem fins lucrativos Pacific Southwest Community Development Corporation. Gosta de ver o lado positivo das coisas, mantendo o bom humor. Mas não tolera racismo e xenofobia.