Tempo de aprender

* Por Luíza Xavier




Certamente o isolamento social provocado pela pandemia da COVID-19 está nos ensinando. É tempo de aprender, ainda que na marra, a ter mais paciência - conosco e com os outros - a pensar no coletivo, a trabalhar a partir de casa, a refazer planos.


E há quem esteja aproveitando esse período também para adquirir conhecimento à distância. Opções não faltam, inclusive gratuitas, e em instituições reconhecidas.


Thiago Flaulhabe, aluno do quinto período de astronomia, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), escolheu o curso "Aprendendo a aprender: poderosas ferramentas mentais para ajudá-lo no domínio de temas difíceis", oferecido em uma parceria da Universidade McMaster, no Canadá, com a Universidade da Califórnia, nos EUA. O curso está disponível na plataforma Coursera (www.pt.coursera.org).


"Escolhi esse curso por achar que vai me ajudar com as matérias da faculdade e com outros temas que eu precise aprender. Agora, é importante que o aluno do curso online tenha a mesma seriedade com que frequenta um curso presencial. Senão, pode acabar não concluindo", diz o estudante.

Paula Ramagem, também do Rio de Janeiro, resolveu incluir na agenda da quarentena o curso "Introdução à Comunicação Institucional", cedido francamente pela Fundação Getúlio Vargas (portal.fgv.br).


Segundo ela, a decisão de escolas e instituições de ensino de oferecer cursos gratuitos durante esse período de isolamento forçado "é maravilhosa e só faz bem à saúde mental".


Jornalista que atua como assessora de imprensa, Paula dá algumas dicas para quem ainda pretende começar a frequentar as aulas online.


"Inicie! Escolha um e faça. Os cursos mais curtos são bastante interessantes porque dão uma visão bem abrangente do assunto. E sendo online é possível organizar o tempo. Acho que nunca é demais aprender, ainda mais se os cursos forem na sua área de atuação profissional. Depois do primeiro, não dá mais para parar", garante.

Na avaliação da relações públicas Kryslla Mendonça, os candidatos a cursos online devem verificar primeiro se conseguem se adaptar ao método de ensino a distância. Ela destaca a importância de estabelecer horários e escolher ferramentas que auxiliem no aprendizado.


"Um bloco de notas por perto é sempre bem-vindo também. Há alguns anos tenho dado preferência a cursos online, por conta do custo mais baixo e pela liberdade de horários que proporcionam. A experiência é muito enriquecedora", afirma Kryslla, que no momento participa de cursos concedidos pela FGV, Udemy e Casa do Saber.

Confira dez instituições e plataformas que estão oferecendo cursos online, livres de qualquer custo, durante a pandemia:



1. HARVARD

A Universidade de Harvard, dos Estados Unidos, está oferecendo mais de 100 cursos em sua plataforma online a "HarvardX" (https://harvardx.harvard.edu).


Há cursos em mais de 14 áreas: Arte e Design; Negócios e Gestão; Ciência da Computação; Ciência de Dados; Desenvolvimento Educacional e Organizacional; Ciência Ambiental; Governo, Leis e Política; História; Humanidades; Matemática e Análise de Dados; Medicina e Saúde Pública; Religião e Espiritualidade; Engenharia e Ciências Sociais.


2. CASA DO SABER

Durante 30 dias, o conteúdo a Casa do Saber (https://casadosaber.com.br/sp/ ) estará liberado. Há aulas sobre inteligência artificial, ciência, filosofia, gestão de negócios etc.


3. CENTRO PAULA SOUZA

O centro (https://mooc.cps.sp.gov.br/) está oferecendo 12 cursos pela internet que incluem Gestão de Pessoas, Gestão de Tempo, Vendas, entre outras opções. A duração dos cursos varia entre seis e 30 horas.


4. FGV (Fundação Getúlio Vargas)

A Fundação Getúlio Vargas (LINK) está oferecendo gratuitamente 55 cursos gratuitos para as áreas de Direito, Economia e Finanças, Educação, Marketing e Vendas, Gestão Empresarial, Gestão de Pessoas e Sustentabilidade.


5. IFRS

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (https://moodle.ifrs.edu.br/course/index.php?categoryid=38) tem cursos grátis em Ambiente e Saúde, Ciências Exatas, Ciências Humanas, Educação, Gestão e Negócios, Idiomas, Informática, Pré-IFRS: Preparatório para as Provas de Ingresso no IFRS, Produção Alimentícia, Recursos Naturais e Turismo e Hospitalidade.


6. SENAI

A instituição (https://online.sp.senai.br/institucional/3722/3840/cursos-gratuitos) está oferecendo 17 cursos online. Entre eles: Economia Circular (disponível em português e espanhol), Aperfeiçoamento Profissional do BIM, Desvendando o Blockchain, Indústria 4.0 e empreendedorismo.


Além desses, há também cursos de Consumo Consciente de Energia, Educação Ambiental, Finanças Pessoais, Fundamentos de Logística, Lógica de Programação, Metrologia, Noções Básicas de Mecânica Automotiva, Propriedade Intelectual, etc.


7. UDEMY

A plataforma (http://udemy.com.br) abriu 40 cursos para todos que quiserem. Há aulas de: ferramentas importantes e curso completo de Excel para negócios, conceitos de programação e tecnologia, introdução a investimento, etc.


8. USP

A Universidade de São Paulo oferece cerca de 16 cursos online pela plataforma Coursera (https://www.coursera.org/usp). Entre os cursos ofertados há conteúdo sobre: Como Desenvolver Negócios Inovadores; Inove na Gestão de Equipes e Negócios: O crescimento da Empresa; e Marketing e Vendas B2B: Fechando Novos Negócios.


9. FABER-CASTELL

A empresa (LINK) está oferecendo cursos com acesso grátis. Há conteúdos para estimular a criatividade de adultos e crianças, como Desenho, Lettering, Narrativa, Composição e Desenvolvimento de Personagens.


10. UNIEDUCAR INTELIGÊNCIA EDUCACIONAL

A instituição (https://unieducar.org.br/catalogo/cursos-online) disponibilizou mais de 100 cursos profissionalizantes. Os interessados devem entrar no site e utilizar o código SUPERA2020 na hora de se matricular.



De acordo com Sócrates, "sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância". Mais sábio ainda é aquele que, portanto, expande o seu conhecimento. Chegamos ao momento ideal, pois há tempo e recursos em abundância para fazê-lo.



***


VOLTE SEMPRE!

Todos os dias publicamos posts interessantes e originais.


***

Luiza Xavier é jornalista carioca, graduada pela Faculdade de Comunicação Hélio Alonso (FACHA), atua na área há 25 anos. Já trabalhou como repórter, redatora e editora em diversos veículos, como O Globo, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio, Folha de Londrina, Rádio CBN, Rádio e TV Bandeirantes, Rádio Tupi, entre outros. Como assessora de imprensa, fez parte da equipe de atendimento a clientes de grande porte como Maersk Line, Petros - Fundação Petrobras de Seguridade e Endeavor Brasil. Atualmente, atende clientes dos segmentos de tecnologia, saúde, direito e empreendedorismo como assessora e consultora de comunicação. Depois da reportagem, a crônica é seu estilo preferido. Humanista, acredita que é possível realizar mudanças na sociedade a partir do trabalho colaborativo e do incentivo à educação e ao autoconhecimento.